05 Discos para um dia de folga no meio da semana.

Já conferiu a previsão do tempo para o feriado? A torcida é para aquele tempo firme, sol queimando, céu brilhando, e cerveja gelando.

Para acompanhar a folga no meio da semana, separamos para vocês 05 discos que não podem faltar e que ajudam a embalar o descanso, o sossego, e até animam para uma festinha! Se por aí está corrido, deixa que a playlist a gente monta:

África Brasil – Jorge Ben

Lp Jorge Ben Africa Brasil
Disponível na Loja

Clássico de Jorge Ben Jor, na fase que ainda assinava apenas Jorge Ben, “África Brasil” (1976) marca uma mudança significativa na carreira do músico. A partir desse LP, ele substituía o violão acústico pela guitarra elétrica como seu instrumento de apoio. Ben Jor decidiu gravar todos os instrumentos simultaneamente, na mesma sala e com 4 percussionistas. O resultado é um álbum extraordinário em fôlego e execução, no qual a suinguada guitarra elétrica  do mestre dá o tom. Um dos vinis mais procurados do cantor, “África Brasil” traz hits de Jorge como “Ponta de Lança Africano (Umbabarauma)”, “Taj Mahal” e ”Xica da Silva” (composta para a trilha do filme de Cacá Diegues), além de pérolas como “Meus Filhos, Meu Tesouro”, “A História de Jorge” e “Camisa 10 da Gávea”, entre outros.

 

Esú – Baco Exu do Blues

Esse é o primeiro disco do rapper baiando Baco Exu do Blues, e provocação é o que não falta no álbum, e talvez esse seja o tempero especial do lançamento. “Esú” traz dez faixas, e pode ser visto como uma ponte entre religiões, mortal e o divino, o conservadorismo e o liberal. Ele vem pra encurtar as distâncias. Quer saber mais? Leia uma entrevista do rapper aqui.

Samba Pesado – Sandália de Prata

Lp Sandalia De Prata Samba PesadoSamba Pesado foi lançado em 2009 com produção e arranjos da própria banda e que traz a participação especial de um dos grandes nomes do balanço nacional, o “guitarreiro” Luis Vagner, que cedeu uma composição inédita para o grupo. As 12 faixas de Samba Pesado passeiam pelo samba-rock, gafieira e partido alto, com temperos de jazz, soul e rap. Apesar de toda a mistura de sonoridades, o disco rendeu ao grupo uma indicação ao Prêmio da Música Brasileira 2010 (antigo Prêmio Sharp e Tim) na categoria “ Melhor grupo de samba”.

 

O Ano do Macaco – Black Alien

Lp Black Alien O Ano Do Macaco
Disponível na Loja

Considerado um dos melhores álbuns de rap brasileiro, “Babylon By Gus” é formado por 12 faixas, sendo a maior parte delas da autoria e Black Alien e Alexandre Basa, com exceção de “América 21”, parceria de Alien e Rhossi. O título, que também batiza o primeiro single, faz referência ao álbum “Babylon by Bus”, de Bob Marley. Com a língua afiada e interpretação marcante, Black Alien faz observações sobre o mundo e a sociedade nas letras desse álbum.

 

 

Boca – Curumin

Lp  Curumin Boca
Disponível na Loja

O álbum Boca é o novo lançamento de Curumin, lançado depois do Arrocha de 2012. A produção foi fina, e indicada ao Grammy Latino de 2017 na categoria Melhor Álbum de Rock ou de Música Alternativa. O disco foi produzido ao lado de Lucas Martins e Zé Nigro, parceiros de longa data de Curumin. Dentre as participações, além de Russo Passapusso, parceiro certo na musicalidade e na expressão, “Boca” traz o inédito encontro com Rico Dalassam em Tramela – arrebatada por expressões inventadas e estranhamente compreendidas -, assim como convidados como a espanhola Indee Styla, o rapper Max B.O e as parceiras de longa data Lara Rennó, Anelis Assumpção e Andréia Dias. O disco tem arte assinada por Ava Rocha e patrocínio do programa Natura Musical.

 

Comente aqui