04 (Re)Lançamentos em Vinil que você não pode perder!

O Vinil é realmente incrível! Se pensarmos a trajetória dos discos gravados, ou então a dificuldade nas produções, algumas censuras… Impossível não vincular a imagem do Vinil a essas histórias. Lembram de quando os LPs eram censurados e tinham as faixas inteiramente riscadas? Que tragédia!

Por isso é tão emocionante ver discos serem relançados, pois é como resgatar um pedaço da nossa história. E quando se trata de discos raros, que enfrentaram dificuldade de circulação ou mesmo de lançamento, a sensação é ainda mais incrível!

Portanto, conheçam 04 lançamentos do selo Novodisc que são essenciais para sua coleção!

Vários Artistas – Direitos Humanos – Volume 1

Direitos Humanos no Banquete dos Mendigos, Vol. 1 – Pela primeira vez, em documento histórico para fãs e colecionadores, a íntegra do show “Direitos Humanos no Banquete dos Mendigos”, produzido por Jards Macalé e Xico Chaves em 10 de dezembro de 1973. Os registros integrais saem dos tapes originais, guardados por Macalé por 40 anos – até serem finalmente revisitados para este projeto único. Prensado no Mercosul em vinil 180g, com prensas Newbilt Machinery.

Lado A
No Pagode do Vavá (Paulinho da Viola) – Paulinho da Viola
Roendo as Unhas (Paulinho da Viola) – Paulinho da Viola
Dança da Solidão (Paulinho da Viola) – Paulinho da Viola
Casa Forte (Edu Lobo) – Edu Lobo
Pra Dizer Adeus (Edu Lobo – Torquato Neto) – Edu Lobo
Viola Fora de Moda (Edu Lobo – Capinan) – Edu Lobo

Lado B
Samba dos Animais (Jorge Mautner) – Jorge Mautner
Pipoca à Meia Noite (Jorge Mautner) – Jorge Mautner
Maracatu Atômico (Jorge Mautner – Nelson Jacobina) – Jorge Mautner

 

Alberto Rosenblit & Mário Adnet

“Foi com talento e amor que cada um contribuiu, na prática, para a música do outro, e deste acasalamento
surgiu um som padrão, onde é difícil destacar suas maneiras pessoais de compor”. O texto escrito por Toninho
Horta em 1980 é preciso e muito feliz, retratando bem o sentimento que fica após a audição do disco “ALBERTO ROSENBLIT & MARIO ADNET”. É um trabalho que prima, entre outras coisas, pela coesão. Num período onde parte da música brasileira se via impedida de mostrar-se ao público em toda a sua plenitude, dois jovens e corajosos artistas se uniram num disco autoral, basicamente instrumental e lançado de forma alternativa. Ouvir este som único, captado pelas mãos mágicas de Toninho Barbosa, novamente em vinil, não se trata de um exercício de saudosismo. Longe disso. É a confirmação de que, quase 40 anos depois, eles fizeram a escolha certa. A emoção continua intacta… e a música, viva. Prensado no Mercosul em vinil 180g, com prensas Newbilt Machinery.

Lado A
Tambá (Alberto Rosenblit)
Penedo (M.Resende – A.Rosenblit – M.Adnet – L.Fernando)
Pica-Pau (Alberto Rosenblit)
Quem Mal me Quer Ber (M.Adnet – Z.Renato – J.Filho)
Baiambê (Mario Adnet)
Enviesado (Mario Adnet – Alberto Rosenblit)
Lado B
Ela (Mario Adnet – (Joyce Moreno)
À Meia-noite e meia (Mario Adnet)
Adriana (Alberto Rosenblit)
Não Leva a Mal (Alberto Rosenblit)
Até o Fim (Alberto Rosenblit)
Valsa (Alberto Rosenblit – Mario Adnet)

 

Zé Ramalha – Atlântida

As descobertas que propiciaram a formação musical de Zé Ramalho acabariam por se tornar o elemento chave para a história que este álbum registra. No momento em que comemora 40 anos de carreira, o artista abre seu baú e nos brinda com este surpreendente “capítulo zero” de sua trajetória. As gravações deste disco foram realizadas em fita cassete diretamente da mesa de som dos históricos shows que Zé Ramalho realizou antes da fama, em 1974. Guardadas pelo artista por mais de trinta anos, foram finalmente masterizadas com a melhor tecnologia disponível para este lançamento histórico. Prensado no Mercosul em vinil 180g, com prensas Newbilt Machinery.

Lado A
Táxi Lunar (Zé Ramalho – Geraldo Azevedo – Alceu Valença)
Jacarepaguá Blues (Zé Ramalho)
Quanto é grande o autor da Natureza (Zé Vicente da Paraíba – Passarinho do Norte – Bráulio Tavares)
Lado B
Brejo do Cruz (Zé Ramalho)
Puxa-Puxa (Cleodato Porto – Carlos Aranha)
Luciela (Zé Ramalho)
Paraíba Hospitaleira (Zé Ramalho)
Terremotos (Zé Ramalho)

 

Alceu Valença – Raridades

Celebrando os 70 anos de Alceu Valença, este álbum reúne pela primeira vez raridades oriundas de trilhas sonoras, compactos e festivais – originais dos anos 70, remasterizados especialmente e com encarte recheado de letras e ficha técnica. Prensado no Mercosul em vinil 180g, com prensas Newbilt Machinery.

Lado A
Canção do Espantalho (Sergio Ricardo)
História Que Se Conta (Sergio Ricardo)
Retrato 3×4 (Alceu Valença)
São Jorge dos Ilhéus (Alceu Valença)
Vou Danado Pra Catende (Alceu Valença)
Lado B
Pitomba, Pitombeira (Carlos Fernando)
O Homem da Meia-Noite (Alceu Valença – Carlos Fernando)
Medley: Borboleta (Alceu Valença) / Ciranda da Mãe Nina (Alceu Valença) / Sabiá (Luiz Gonzaga –
Zé Dantas)
Sol e Chuva (Alceu Valença)
Medley: Edipiana Nº 1 (Alceu Valença – Geraldo Azevedo) / Emboladas (Treme Terra – Beija Flor)

 

Comente aqui