As Guitarras de George Harrison

George é, para muitos, o beatle mais enigmático.

Aparentemente o mais calado, Harrison não era necessariamente o mais silencioso. A musicalidade é parte integrante de sua personalidade, e isso, talvez, o fizesse o mais experimental de todos os quatro da banda. E como um homem calado precisa falar de alguma maneira, era por meio de suas guitarras que Harrison se comunicava brilhantemente. Ele dava voz ao seu instrumento!

George comprou sua primeira guitarra aos 12 anos de idade, enquanto se recuperava de uma enfermidade. O menino George trocou 3 libras por uma Egmond de seu amigo Raymond Hughes. Com ela ele aprendeu os princípios básicos de todo guitarrista (dedilhados, acordes, notas, como trocar as cordas, etc…), e tempo depois, conseguiu sua primeira guitarra, digamos… mais decente, uma Hofner President, com a qual se animou e formou sua primeira banda: The Rebels, junto com seu irmão Peter.

A amizade entre Paul McCartney e George Harrison começou um pouco antes disso, no colégio Liverpool Institute for Boys. no ano 1959 ele abandonou o colégio e juntou sua paixão pelas guitarras e pelo sistema elétrico, e aprendeu a armar e desarmar equipamentos, guitarras, etc…

Ao final dos anos 50, o jovem George conheceu a Quarrymen (banda de Lennon e McCartney, que tinham se conhecido anos atrás) e sentiu que queria fazer parte daquilo. Tempo depois ele se apresentou com sua Hofner para a banda. Lennon disse que ele era muito jovem para entrar para a banda, mas Paul o convenceu. Nesse dia, eles ainda não sabiam, mas a história do Rock se dividiu entre um antes e um depois. 

Mas voltemos às guitarras… Pois a história da banda daqui pra frente vocês já devem conhecer, ou já devem ter uma ideia do que acontece… (Ringo, The Beatles, a invasão britânica, a beatlemania, etc…)

Enquanto Harrison crescia musicalmente, crescia também seu interesse em explorar outros sons, sentidos e instrumentos. Queria ter mais controle e explorar diferentes marcas de guitarra. Nos discos Please Please Me White Album, Harrison utilizou uma Gibson J-106E para os cortes acústicos. Tanto George quanto John compram a guitarra J106Es em 1962 antes de entrarem para o estúdio para a gravação de Please Please Me. Como conseguiram? O empresário Brian Epstein teve que assinar um contrato para que eles pudesse comprar a crédito as guitarras em uma loja em Liverpool. Essa mesma guitarra tem uma grande participação em Love me Do. 

A história do Beatle George com suas guitarras teve um momento importante quando ele adquiriu sua Gibson Les Paul vermelha, que é hoje em dia uma lenda da música. Lucy, como batizou o próprio músico, já havia sido de artistas como John Sebastian (The Lovin’ Spoonful), Rick Derringer Dan Armstrong. Foi Eric Clatpon que lhe deu de presente em 1968.

 

Uma das primeiras aparições desta guitarra foi na gravação do disco White Album, onde nasceu o emblemático solo de While My Guitar Gently Weeps. Na gravação da música para o álbum, quem utilizou a guitarra foi o próprio Eric Clapton, a dando de presente para George logo depois. Harrison também a utilizou em Let it Be Abbey Road, e se tornou ainda mais famosa com o solo de The End. Harrison também levou a guitarra para quando se juntou a Clapton na turnê com Delaney & Bonnie em 1969. Era a guitarra favorita dele.

Sequestraram a Lucy!

Alguns anos depois Lucy foi roubada em sua cada em Beberly Hills. Ela caiu no comércio e acabou nas mãos de um músico mexicano chamado Miguel Ochoa. Depois de dias de busca, Harrison fez contato com Ochoa e negociou sua compra. No fim, teve que comprar uma Les Paul Sunburst 58′ ao mexicano, para que ele a devolvesse ao beatle.

Outra guitarra importante na carreira de Harrison foi a Gibson SG Standart 1964 que ele utilizou em álbuns como RevolverRubber Soul e canções como Hey Bulldog Yellow Submarine. Também aparece em vídeos de Paperback WriterRain Lady Madonna. 

 

 

Mais guitarras de George

Para Help! e Rubber Soul Harrison utilizou uma Gibson ES-345.

 

A Gibson J-200 acústica que usava alternadamente a partir de 1968, também está presente em Long, Long, Long y Piggies.

 

Harrison se apaixonou pelo som da Epiphone Casino usada por Paul McCartney. Gostou tanto que comprou uma para gravar “Sgt. Pepper”.

 

Importante saber: Atualmente a guitarra Lucy se encontra na casa de sua viúva Olivia, quem cuida do instrumento com sua própria vida! Linda história!

 

 

 

 

Comente aqui