Os 20 Discos Brasileiros mais Vendidos de Todos os Tempos

Você já se perguntou quais foram os discos brasileiros mais vendidos de todos os tempos? Tem algum palpite?

Trazemos aqui para vocês a lista, e tem muitos aí que irão te surpreender!

 

Álbum Artista Ano Gênero Vendas Estimadas
1 Músicas para Louvar o Senhor Padre Marcelo Rossi 1998 Católico 3.328.468
2 Xou da Xuxa 3 Xuxa 1988 Infantil 3.216.000
3 Leandro & Leonardo Leandro & Leonardo 1990 Sertanejo 3.145.814
4 Rádio Pirata ao Vivo RPM 1986 Rock 3.000.000
5 Só pra Contrariar Só Pra Contrariar 1997 Pagode 3.000.000
6 Quatro Estações – O Show Sandy & Junior 2000 Pop 3.000.000
7 4º Xou da Xuxa Xuxa 1989 Infantil 2.920.000
8 Xegundo Xou da Xuxa Xuxa 1987 Infantil 2.754.000
9 Um Sonhador Leandro & Leonardo 1998 Sertanejo 2.732.735
10 Xou da Xuxa Xuxa 1986 Infantil 2.689.000
11 As Quatro Estações Sandy & Junior 1999 Pop 2.500.000
12 Mamonas Assassinas Mamonas Assassinas 1995 Rock 2.468.830
13 Terra Samba ao Vivo e a Cores Terra Samba 1998 Samba 2.450.411
14 Tribalistas Tribalistas 2002 Pop, Rock, Samba, MPB 2.100.000
15 Na Cabeça e Na Cintura É O Tchan 1996 Axé 2.000.000
16 É o Tchan do Brasil É O Tchan 1997 Axé 2.000.000
17 Rouge Rouge 2002 Pop 2.000.000
18 Preciso de Ti Diante do Trono 2002 Cristã Contemporânea 2.000.000
19 Laços De Família Internacional Vários 2000 Vários 2.000.000
20 Esse Cara Sou Eu Roberto Carlos 2012 Pop 2.000.000
21 As Quatro Estações Legião Urbana 1989 Rock 2.000.000
22 Banda Calypso pelo Brasil Banda Calypso 2006 Calipso 2.000.000

7 comentários em “Os 20 Discos Brasileiros mais Vendidos de Todos os Tempos

  • 29/05/2017 em 12:40
    Permalink

    Basicamente, na maior parte, só lixo.

    Resposta
  • 15/08/2017 em 13:50
    Permalink

    Segundo números divulgados pela gravadora CBS (atualmente Sony Music), Roberto Carlos teve pelo menos 1 disco, (o de 1986), que vendeu mais que o “Esse Cara Sou Eu”, mas não aparece na lista! Segundo divulgado na época, a CBS chegou a encomendar um “reforço” de cópias pensadas na fábrica da Argentina, pra dar conta da demanda de 2,5 milhões! (Eu já vi essas cópias pensadas na Argentina. É fácil achar na internet)!

    Só resta saber se a gravadora divulgava números verdadeiros ou se rolava um marketing “superfaturando” o número de cópias!

    Resposta
  • 15/08/2017 em 21:06
    Permalink

    A lista acredito que não computa discos antigos, pois não havia um órgão que medisse adequadamente as cópias comercializadas, tanto que algum dos maiores artistas nacionais que venderam discos de todos os tempos (Tonico e Tinoco, Rita Lee, Nelson Rodrigues) não constam com discos entre os mais vendidos.

    Resposta
  • 08/10/2017 em 05:28
    Permalink

    Essa lista não é valida, e concordo com o Carlos Maranho Maia.

    Resposta

Comente aqui