Bença, Balanço e Chumbo – Mamelo Sound System relança Velha-Guarda 22 em Vinil!

Esse disco é uma pedrada, e esse ano comemora 10 anos de lançamento!

Mamelo Sound System é uma parceria mais que produtiva de Lurdez da Luz e Rodrigo Brandão. A veia urbana e, consequentemente, híbrida, faz o grupo unir a tradicional pick-up a outros elementos sonoros, como os remixes do dub, e a batida do afro-beat. Resultado: “hip hop afro-futurista brasileiro”, como eles mesmos definem.

Velha-Guarda 22 foi lançado em 2006, depois de umas férias de extrema produtividade, de onde surgiram muitos versos e bases para as canções do disco. Mamelo ainda contou com a produção do canadense Scotty Hard, o que somou muito no trabalho. Essa parceria foi possível graças à ponte realizada pela Nação Zumbi, que também participa do disco.

A caminhada que começou lá nos primórdios dos anos 2000 contou com diversas parcerias nos palcos e estúdios. Dentre os artistas que já fizeram um som com o Mamelo estão os brasileiros Black Alien, Naná Vasconcelos, Dj Marky, J.T. Meirelles, Mundo Livre S/A, Thaíde & Dj Hum, Hurtmold, Speedfreaks, e integrantes da Nação Zumbi, do Quinto Andar, do Rhima Rhara, do Instituto, além dos gringos do Afrika Bambaataa, o Dj J-Period do Zion I, e Rahzel, o beatboxer do The Roots. 

O Disco Velha-Guarda 22 ainda contou com grandes parcerias, como Céu, Geanine Marques (Stop Play Moon), Espião, DJ Primo, o pessoal do Hurtmold, Rica Amabis, Sebstop, Daniel Bozio, e a lenda Tonny Allen, músico nigeriano que ao lado de Fela Kuti deram vida ao Afrobeat e toda a expansão de sons africanos surgidos na década de 1970.

Bom, até aqui deu pra ver que esse disco é mesmo pesadão, e pra fechar, o relançamento ganha uma edição em disco duplo, com vinis coloridos no formato 10”, com capa Gatefold tripla reproduzindo uma tela do grande Nunca, artista com longa e respeitada história no grafite.

Francisco Rodrigues da Silva, Nunca, é um grafiteiro brasileiro que usa sua técnica para criar imagens que confrontam o Brasil urbano moderno com seu passado e raízes. Sua tag Nunca) é uma afirmação da sua determinação de não ficar vinculada por restrições culturais ou psicológicos.

Os discos foram prensados na França e a edição é limitada com cópias numeradas. Ou seja, não vacila! Se você ficou interessado, se liga na nossa pré-venda!

Comente aqui