9 discos de Rock que não podem faltar na sua coleção!

Listas! Sempre as polêmicas listas…  Colocamos aqui 9 discos que não podem faltar na sua coleção. Os motivos são diversos: anos históricos, capas muito bem produzidas, encerramentos, despedidas… Quais deles você já tem? Concorda com nossa seleção? Quais discos e bandas faltam?

creamDisraeli Gears – Cream

Esse clássico é o segundo álbum da banda inglesa Cream. Foi lançado em 1967 e tem uma lista de motivos para ser um item de colecionador, a começar pela capa. O disco traz as faixas Strange Brew, Tales of Brave Ulysses e Sunshine of Your Love.
A psicodelia desse disco é pesada, e determinou Cream como um power trio massivo e histórico.  Disraeli Gears está no ranking de 500 Melhores Álbuns de Todos os Tempos da revista Rolling Stone, e ocupa o 114º lugar. (Você concorda?)

ummaUmmagumma – Pink Floyd

Ummagumma, quarto trabalho da banda, é um disco duplo lançado no ano de 1969. A capa do disco é uma obra a parte! O trabalho gráfico foi elaborado pela Hipgnosis, colaboradora habitual da banda, e traz imagens dos integrantes combinadas em efeito Droste, que são aquelas imagens que vão se repetindo a partir dela mesma, uma dentro da outra, cada vez menores, em looping infinito.  Porém, na capa do disco, cada vez que a imagem se repete, os membros estão em posições diferentes da anterior.

aquaAqualung – Jethro Tull

Aqualung, o quarto álbum de estúdio da banda, tem como referências sua capa, e a faixa 1 que leva o título do disco. O álbum está merecidamente na lista dos 200 Álbuns Definitivos no Rock and Roll Hall of Fame. Aqualung é um disco que todo colecionador e fã da banda não pode deixar de ter. Um clássico do Rock Progressivo, e uma das maiores referências britânicas na música.

hotelMorrison Hotel – The Doors

Lançado em 1970, Morrison Hotel é o quinto álbum de estúdio da banda. Foi lançado após o experimental The Soft Parade, que não teve uma boa recepção pela crítica. Com Morrison Hotel, Doors retoma suas origens e também explora o Blues, como voltará a acontecer em seu próximo clássico, L.A. Woman.
O disco traz as faixas Roadhouse Blues e Peace Frog.

janisI Got Dem Ol’ Kozmic Blues Again Mama! – Janis Joplin

Lançado no emblemático ano de 1969, esse disco traz clássicos como Maybe, Kozmic Blues e Little Girl Blue. Foi o primeiro álbum solo de estúdio de Janis, pois foi gravado após a sua saída da banda Big Brother and the Holding Company.
O sucesso e reconhecimento do álbum não demorou a chegar, e o álbum foi Disco de Ouro dois meses após seu lançamento.

creedenceWilly And The Poor Boy – Creedence Clearwater Revival

Lançado em 1969, Willy and the Poor Boy não é simplesmente qualquer lançamento do ano. Ele foi o terceiro LP lançado pela banda em um ano, algo quase impossível de acontecer. Era o auge do Creedence e de suas criações. 69 teve Bayou Country em janeiro, Green River em agosto, e Willy and the Poor Boy em novembro. Creedence, além dos 3 disco, também fez uma apresentação memorável no Woodstock, que aconteceu no mesmo ano.

mindMind Games – John Lennon

Mind Games é o quarto álbum de John Lennon em carreira solo, foi gravado em 1973 nos estúdios Record Plant, e foi seu primeiro álbum de produção própria.
De início o disco foi mal recebido pelos críticos, mas sua recepção foi melhorando de acordo com os novos públicos e círculos em quais era lançado, até alcançar o 13º lugar no Reino Unido e 9º nos EUA, onde também foi Disco de Ouro.  Mind Games registra uma difícil fase emocional de Lennon, momento em que estava distante de Yoko e com problemas alcoólicos. Brilhantemente a capa mostra essa passagem em seu relacionamento. Mind Games (música e álbum) tem diversos jogos, mistérios e descobertas que só boas audições podem te mostrar!

sydOpel – Syd Barret

Lançado em 1988, Opel traz gravações feitas entre 1968 e 1970. O álbum é um compilado de materiais inéditos e tomadas alternativas das gravações dos discos The Madcap Laughs e Barrett. Opel consiste em oito canções inéditas e seis versões alternativas de músicas já lançadas anteriormente. Esse é um ítem que os fãs de Syd, Floyd e da música psicodélica e experimental não podem deixar de ter na coleção.

blackBlackstar – David Bowie

Este é o último disco de estúdio do camaleão David Bowie. O 25º álbum de Bowie foi lançado no mesmo dia de seu aniversário de 69 anos, 8 de janeiro de 2016.
Não tem como não se emocionar e buscar todos os tipos de referência ao ouvir esse disco. Ele foi lançado 3 dias antes da morte de Bowie, e é claramente uma despedida, um encerramento de uma brilhante carreira.  A primeira faixa traz o nome do álbum, e tem mais de 10 minutos. Ela também é acompanhada de um curta-metragem dirigido por Johan Renck.

Leia também: 10 LPs essenciais para uma coleção de música brasileira!

E aí, você concorda que são 9 discos que todo colecionador deve ter?

3 comentários em “9 discos de Rock que não podem faltar na sua coleção!

Comente aqui